terça-feira, 3 de setembro de 2019

Bom Dia!


Vídeo de Justin Bieber louvando na igreja surpreende os fãs: “Vivo para adorar”

O Cantor Justin Bieber de 25 anos, parece estar se voltando cada vez mais para o Evangelho de Cristo, desde que decidiu pausar a sua carreira na música pop para se dedicar aos cuidados pessoais, sendo o relacionamento com Deus o seu grande foco.

Com frequência, Bieber publica mensagens de fé para os seus mais de 100 milhões de seguidores nas redes sociais. Uma das postagens mais recentes feitas pelo cantor foi de um vídeo onde ele aparece cantando durante o louvor da igreja que frequenta, em Nova York, (EUA).



“Cantei na igreja na noite passada. Deus está me guiando em tempos difíceis. Acreditar em Jesus nos piores momentos é absolutamente o mais difícil”, escreveu Bieber na legenda do vídeo, provavelmente se referindo a sua luta contra a depressão.
Bieber completou dizendo que tem fé para continuar acreditando que Deus vai “completar o que começou. Também quero agradecer minha mulher por ser um enorme apoio na minha vida”, disse ele, segundo informações do Christian Post
“Qualquer que seja a dor pela qual esteja passando, continue dizendo a si mesmo: ‘Isso não vai durar’. Eu amo vocês, pessoal, e estamos nessa juntos”, publicou o cantor, que aproveitou mais uma vez para deixar uma mensagem de esperança aos fãs.
Bieber explicou que é nos momentos de maior dificuldade que a intimidade com Deus se torna maior, e que há um propósito nisso pelo qual todos devem confiar, cientes de que o sofrimento um dia passará.
“Parece louco considerando que quando você enfrenta provações você se sente terrível. Mas se nós formos gratos e adorarmos Deus pelo o que nós temos nessa fase há tanto poder nisso… seja qual dor você esteja passando, apenas continue dizendo a si mesmo ISSO NÃO VAI DURAR! Amo vocês”, escreveu o cantor.

Pioneiro no Brasil, maestro Bill H. Ichter morre aos 93 anos após fazer oração a Deus


Nascido em 11 de dezembro de 1925 nos Estados Unidos, Bill H. Ichter veio para o Brasil como missionário, onde permaneceu por longos 35 anos. Ele se tornou um ícone da música cristã, especialista na execução e ensino da música, especificamente dos hinos que por gerações foram e ainda são tocados nas diversas igrejas evangélicas pelo Brasil.
A filha do missionário, Alana Ichter, publicou uma nota em nome da família comunicando o falecimento do pai.
“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé, 2 Timóteo 4: 7. Depois de um tempo maravilhoso e precioso com a maioria da família ao seu lado. Papai deu seu último suspiro nesta terra e foi promovido a seu lar celestial. Somos muito gratos por esse homem maravilhoso. Papai e Vovô para sua família e amigo estimado para muitos! Bendito seja o nome do Senhor”, diz o texto.

“Senhor, você pode me levar agora”

Ainda no comunicado feito por Alana, ela explicou que Bill H. Ichter faleceu na própria casa, na presença dos familiares. Cerca de 32 pessoas estavam no momento, todos louvando a Deus e orando, junto com o missionário por quase meia hora, até que no final ele disse: “Senhor, você pode me levar agora”.
A família de Bill H. Ichter se mostrou conformada com a ausência temporária do missionário veterano, pois soube que esse também foi o desejo dele.
“Ele estava ansioso para ir para casa e estar com Jesus! Por mais que doa deixá-lo ir, sabemos que ele está pronto. Obrigado a todos por suas orações e mensagens, telefonemas e visitas”, acrescenta o comunicado.
“Por favor, continuem orando por toda a nossa família, pois sentimos falta da presença física dele em nosso meio. Valorizamos nossas memórias de momentos maravilhosos em família! Como somos abençoados!”, diz o texto.
Um dos feitos memoráveis de Bill H. Ichter no Brasil foi dirigir um coral de 11.500 vozes que participou da cruzada Billy Graham, no Maracanã, em 1974. Além disso, o mestre da música também atuou por 10 anos com a Junta de Missões Mundiais (JMM) e deu aulas no Seminário do Sul/STBSB, aos estudantes de Teologia, segundo a Hinologia Cristã